Seja em compras de supermercado ou em uma ida a um restaurante, o gasto com comida é um dos que mais pesam no orçamento mensal. Embora seja uma despesa que não podemos eliminar por completo, seguindo algumas dicas para economizar na alimentação, é possível reduzir muito o valor dessa conta no fim do mês.

E o que muitas pessoas não sabem é que, sem um planejamento eficiente, o valor gasto pode fugir do controle e chegar a números bastante altos. Isso pode impossibilitar, por exemplo, que você consiga realizar outros desejos como uma viagem de férias e até investir em uma casa própria.

Então, para ajudá-lo a economizar na alimentação, no artigo de hoje, selecionamos 5 dicas imperdíveis. Acompanhe e confira!

1. Aprenda a cozinhar

Nem todo mundo é apaixonado pela ideia de cozinhar, mas fazer sua própria comida pode ajudar, e muito, quem deseja diminuir os gastos com a alimentação. Com o crescimento desse mercado, a internet e a TV tem sido grandes incentivadoras desse hábito.

Comece por processos mais básicos e, após aprender o bê-á-bá da gastronomia, você conseguirá incrementar as suas receitas. É importante lembrar que o começo é difícil, então prepare-se para errar no tempero e tempo de cozimento, mas não desista! Tenha em mente que a prática leva à perfeição.

2. Reaproveite as sobras de comida

Você sabia que é possível reaproveitar todos aqueles alimentos comprados no supermercado e que estão esquecidos na despensa? Isso pode ser feito, inclusive, com as sobras das refeições e, até mesmo, com pedaços de alimentos descartados durante o preparo.

Os talos de legumes e verduras, em vez de serem jogados no lixo, podem se transformar em um caldo de legumes saudável e ser a base para o seu próximo risoto. O mesmo acontece com pedaços e gorduras das carnes que podem servir de base para outros pratos.

Ao assumir o compromisso de cozinhar, é importante usar a criatividade e, acima de tudo, evitar ao máximo o desperdício de comida!

3. Fique de olho nas promoções

É comum irmos sempre ao sacolão ou mercado mais próximo de casa, mas que nem sempre é o mais barato, ou pegar sempre os mesmos cortes de carne e não olhar outras opções mais em conta, não é mesmo?

Contudo, se seu objetivo é enxugar os gastos com alimentação, esses são bons motivos para levá-lo a ficar atento às promoções do dia, em diferentes estabelecimentos.

Pegue os catálogos e panfletos dos supermercados — muitos deles costumam veicular propagandas na TV e nos jornais com as ofertas do dia. Também é bastante comum que os estabelecimentos tenham dias específicos com promoções. Para economizar, vale ficar sempre de olho nas oportunidades!

4. Compare preços

É fato que nem sempre estamos dispostos ou temos tempo para comparar preços. No entanto, quando você assume o compromisso de economizar e equilibrar sua alimentação, verá que esse é um esforço necessário.

Comprar frutas, verduras e legumes em feiras livres, por exemplo, garante, além de alimentos mais frescos e de melhor qualidade, uma boa economia no fim do mês.

5. Evite comer na rua

Não são todas as pessoas que gostam e, até mesmo, sabem cozinhar. Contudo, o que a maioria da população desconhece é que o ato de comer fora com frequência é um grande rival do seu orçamento mensal.

Se você não sabe ou não tem muita prática na cozinha, dê preferência aos alimentos fáceis de preparar. Para aqueles que não gostam ou não têm tempo para se aventurar no fogão, um bom planejamento pode facilitar o seu dia a dia.

Definir um cardápio semanal, por exemplo, vai manter sua dieta e seu bolso equilibrados, além de ajudar você a não perder horas na cozinha. Além de criar uma rotina mais regrada, ao prestarmos atenção nos nossos hábitos alimentares, podemos diminuir drasticamente o valor gasto durante uma visita ao supermercado. Seguindo essas dicas para economizar na alimentação, você verá como é possível comer bem, gastando bem menos!

Então, gostou das nossas dicas? Aproveite e aprenda como cortar mais gastos neste artigo sobre como economizar dinheiro no bar!